Blog Mariando

Quanto o ciúme acontece

Quando o ciúme afeta

Já ouvi muitas pessoas falarem que são sim, muito ciumentas, que quem ama, cuida. Proteção, cuidados com o parceiro, são coisas quase instintivas quando estamos apaixonados. Mas confundir proteção com ciúme é um erro que muitos cometem e acabam desgastando seus relacionamentos sem a menor necessidade.

A Diferença

Existe uma grande diferença entre os dois tópicos, mas os mais possessivos dão um jeito de encobrir para não ficar feio. No fundo, as pessoas muito ciumentas sabem o quanto desgastam o namoro ao ficarem nervosas com “conversinhas” no celular ou curtidas no Facebook. Mas é difícil abrir mão de implicar com certas coisas com as quais já estamos acostumados a repreender.

Afinal, é difícil imaginar o seu parceiro passando todo o almoço com aquela colega de trabalho gatíssima ou sua namorada usando um decotão ao sair para a faculdade. Sempre aparecem desculpas do tipo “É neles(as) que não confio! Sei que você não faria nada.” Mas se soubesse com tanta firmeza, acredite: nada incomodaria.

O Apego

Pode parecer um tanto fria a ideia de que o apego não combina com o amor. Mas a verdade sobre o amor é que quanto mais livre, mais forte ele pode ser. O apego, por si só, acaba trazendo angústia e ansiedade para nossas vidas, pois se torna difícil ficar longe de quem se ama. Surge aquela necessidade de estar sempre por perto, de não dar espaço. Quanto mais apego, mais sufoca.

O espaço é necessário para cultivarmos nossa individualidade. Nós viemos ao mundo sozinhos – e por mais que não precisemos passar a vida afundados na solidão, você e o outro não são um único ser. E nenhuma aliança mudará isso.

Quando você conheceu o seu parceiro, ele tinha características que te atraíram. Para que fundi-las com as suas quando vocês podem evoluir ao mesmo tempo em seus interiores e também na parceria? E, para existir parceria, é necessário existir aceitação. Aceitar que a pessoa é daquela forma e que, por mais que você goste de estar na presença dela, não dar espaço só irá afastá-la do autoconhecimento e do amor próprio.

Portanto, por mais que seja gostoso sempre falar ou estar com a pessoa amada, respeite também a individualidade dela. Ter diversas atividades e diversos amigos não afasta ninguém de você, apenas nos mostra o quanto aquela pessoa nos ama tanto – a ponto de querer um relacionamento conosco apesar das várias outras coisas que ela ama fazer ou das várias outras pessoas com quem ela adora estar.

A Confiança

O papel principal do nosso tema é completamente baseado nela, a confiança. Quando ela é tão grande quanto o nosso amor, não há ciúme que resista. Ele vai embora mesmo. Seu namorado fala em happy hour e você já fica com a pulga atrás da orelha? Não fique. Todo relacionamento duradouro se baseia no exercício da confiança, da verdade e da liberdade. A tolerância vem com o sentimento. Ou seja, quando se está disposto a seguir em frente, mais vale uma verdade doída do que uma mentira que te deixe seguro, pois com confiança mútua a pessoa pode até pisar na bola, mas vocês terão a maturidade de conversar sobre isso e decidir o que é melhor para seguirem em frente.

Tudo trata-se, no final, principalmente de liberdade. Mais do que montanhas, ela nos move para as coisas que mais desejamos. E, sem a prisão do ciúmes ou do apego, através da liberdade conseguimos amar e sermos amados com toda a intensidade do nosso ser.

Quem tentar possuir uma flor, verá sua beleza murchando. Mas quem apenas olhar uma flor num campo, permanecerá para sempre com ela. Você nunca será minha e por isso terei você para sempre...Paulo Coelho

 

Continue Mariando!

Última modificação em Quarta, 11 Novembro 2015 18:27
Maria Carolina Mattos

Maria Carolina Mattos, formada em Marketing pela Universidade Paulista (UNIP) e MBA Executivo em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Analista Financeiro, Blogueira e Empreendedora. Autora do blog Mariando, co-autora do blog Viagempara e fundadora da empresa de alimentos naturais NaturAll, além disso, mãe de uma menina linda de 11 anos ;)

Website.: www.mariando.com.br E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.